Para além da Técnica e da Tática

As emoções e boa liderança também vencem

Date: 21 de Setembro 2019

Local:

Duration: 3 horas

Maximum participants: 16

Price: €30.00

INTRODUCTION

Muitos treinadores colocam o foco principal do treino nas componentes técnica e tática, não trabalhando as componentes subjetiva (emoções, pensamentos, inconsciente, etc.) e intersubjetiva (relações, cultura da equipa, conexão, etc.) do atleta, da equipa e do próprio treinador. Com a ausência de uma maior consciência sobre os aspetos referidos, o treinador fica mais vulnerável aos momentos de maior stress (treino e competição), o que afeta a sua capacidade de julgamento e de decisão e, consequentemente, a capacidade para comunicar com os atletas de forma mais eficaz e impactante. A resposta natural do ser humano aos momentos de stress elevado é uma de três: fight-flight-freeze . Por outras palavras, quando os treinadores se sentem ameaçados (qualquer que seja o motivo), respondem em modo de “luta”, de “fuga” ou “congelamento”. Esta resposta fisiológica à ameaça (de sobrevivência) ativa as vias neurológicas do medo, levando os treinadores a pensar e a comportaremse como se (inconscientemente) as próprias vidas estivessem ameaçadas.

Consequentemente, a capacidade de consciência emocional, de decisão e de liderança do treinador fica mais limitada, indiretamente limitando a performance desportiva do atleta/equipa. Esta formação irá possibilitar uma nova consciência sobre a capacidade que o treinador tem para comunicar debaixo de stress intenso, permitindo o desenvolvimento de capacidades que irão apoiar o seu trabalho nos treinos, nas competições e também na vida pessoal.

 

Esta workshop é para treinadores que querem:

• Melhorar a capacidade de liderança na sua equipa

• Criar maior conexão interpessoal e apoio entre todos os elementos da equipa

• Aprender aspetos fundamentais que contribuem para uma boa comunicação, conexão emocional e liderança

• Aumentar o nível de confiança dos seus atletas e equipa • Serem reconhecidos pela equipa como líderes e em quem os atletas podem confiar

• Reduzir os níveis de stress e tensão nos treinos e. principalmente, competições

• Reduzir os níveis de stress dos seus atletas e/ou equipa

• Aproveitar mais do potencial do atleta, e/ou da equip

MEET THE COACH

Nuno Matos

MSc, PhD, Integral Master CoachTM

O Nuno é um apaixonado pela alta performance no desporto, e ajuda atletas e equipas a alcançarem níveis ótimos de desempenho através do trabalho das componentes mental, psicológica e emocional. No seu trabalho de coaching, desenvolve capacidades do foro subjetivo e intersubjetivo que ajudam os atletas a serem mais fortes mentalmente   e com desempenhos elevados nos momentos cruciais de competição.

É doutorado e Mestre em Ciências do Desporto na área da otimização do treino, sobretreino e burnout, e também Mestre de Coaching IntegralTM (com mais de 1,500 horas de coaching acumuladas). No seu percurso como coach, trabalha com atletas olímpicos, profissionais, e amadores, incluindo campeões nacionais e mundiais em diversos desportos: futebol, futsal, atletismo, jiu-jitsu Brasileiro, MMA, natação, surf de ondas grandes, bodyboard. A experiência ganha através da carreira como nadador de nível nacional contribui fortemente para o seu trabalho, pois permite-lhe conhecer muito bem a realidade do atleta de alta competição. Para além da experiência de coaching com mais de 60 atletas, o seu trabalho também inclui coaching a treinadores e a pais de atletas.

Tem como missão potenciar a performance desportiva dos atletas e das equipas, ao mesmo tempo que se preocupa em desenvolver o lado humano dos atletas, treinadores e todos os agentes desportivos que contribuem para o fenómeno desportivo.

TRAINING SCHEDULE

1. Check-ins

Tempo: 20 minutos

Objetivo: Preparar os participantes para a formação, estimulando mais conexão e abertura nas respectivas maneiras de estar dos participantes. Os participantes serão convidados a responder a duas perguntas (90 segundos por participante para o check-in): “Nome”, “Qual é a intenção para a formação”. Quando todos os participantes tiverem terminado os check-ins, será a altura para o facilitador da formação se apresentar.

2. Como usar o corpo para potenciar a performance

Tempo: 25 minutos Objetivo: Ensinar os treinadores que o nosso corpo pode ser usado como poderoso instrumento de regulação de stress e de consciência emocional.

Descrição: Haverá uma apresentação PP de 10 minutos com uma breve discussão no final, complementada com uma prática para fundamentar a teoria.

Aplicabilidade: A compreensão cognitiva deste novo conceito vai servir de base e apoio ao decorrer da formação.

3. A Performance Interior da Equipa – Evoluindo o Paradigma do Treino Desportivo

Tempo: 35 minutos

Objetivo: Apresentar uma visão mais abrangente e inclusiva sobre o desempenho desportivo, para que os treinadores passem a incluir os aspectos subjetivos e intersubjetivos da performance na sua abordagem ao treino.

Descrição: Haverá uma apresentação de 20 minutos em PP, com 10 minutos para uma breve discussão e prática para conectar com a teoria.

Aplicabilidade: Os treinadores passarão a ter uma visão mais completa de como as perspetivas interiores afetam o desempenho do atleta e da equipa.

4. Reação do corpo ao feedback negativo

Tempo: 30 minutos

Objetivo: Explorar como o corpo reage quando o treinador recebe feedback negativo, criando uma maneira mais eficiente para lidar com a situação.

Descrição: Os participantes trabalham em pares - um assumirá uma postura ativa e o outro assume uma postura passiva - e trocam de posições no final da prática. De pé, e de frente um para o outro, um dos participantes apontará o dedo para o rosto da pessoa, expressando descontentamento: “Estiveste muito mal!”. Os participantes serão encorajados a perceber o que acontece no corpo durante este momento e, posteriormente, exploram o mesmo feedback mas com uma nova postura, verificando o que é que se alterou. Haverá uma breve discussão no final.

Aplicabilidade: Os treinadores vão poder aplicar o que aprenderam quando debaixo de feedback negativo e encontrar maneiras mais eficientes para lidar com a situação.


5. Resolução de conflitos Tempo: 30 minutos Objetivo: Aprender como o corpo responde a uma ameaça, enquanto exploram uma maneira mais evoluída e eficiente para lidar com este tipo de situações. Descrição: Os participantes trabalham em pares - um assumirá uma postura ativa e o outro assume uma postura passiva - e trocam de posições no final da prática. Em pé, e de frente um para o outro, um dos participantes vai atirar um lenço enrolado para o rosto do parceiro e ambos prestarão atenção ao que acontece no corpo. A partir deste momento, vão aprender uma nova maneira de reagir a uma ameaça que possibilite uma maior resolução de conflitos. Haverá uma breve discussão de grupo no final. Aplicabilidade: Os treinadores vão poder abordar situações de conflito, abrindo mais espaço para a resolução.
6. Resposta do corpo a momentos de tensão Tempo: 30 minutos Objetivo: Desenvolver uma maior consciência sobre a forma como o corpo responde a alturas de tensão e stress. Descrição: Os participantes trabalharão em pares - um assumirá uma postura ativa e o outro uma postura passiva. Sentados de frente um para o outro, um dos participantes vai falar sobre o que tem mais dificuldade no seu treino e liderança da equipa. À medida que o participante fala, ambos vão prestar atenção ao que
7
acontece no corpo do falante (tensões, expressões, postura e respiração). A partir daí, vão aprender uma nova maneira de estar perante a mesma situação ou situações semelhantes. Aplicabilidade: Os treinadores vão adquirir novas valências para lidar com situações difíceis ou tensas dentro do seu desporto.
7. Check-outs Tempo: 10 minutos Objetivo: Completar a formação de maneira a que todos se sintam reconhecidos e possam falar um pouco sobre a sua experiência e o que aprenderam. Descrição: Cada participante terá um minuto para falar.